Mais de 10 milhões de trabalhadores que fazem bico ganham menos que o mínimo

Levantamento de consultoria mostra que 41,7% dos que trabalham por conta própria ganham menos do que o salário mínimo por mês. Outros 3,6 milhões conseguem R$ 10 reais ao dia Cai por terra a falácia de que com o empreendedorismo, também conhecido como bico ou trabalho por conta própria, os trabalhadores e as trabalhadoras conseguem rendimentos suficientes para sobreviver com dignidade. Levantamento inédito da consultoria … Continuar lendo Mais de 10 milhões de trabalhadores que fazem bico ganham menos que o mínimo

Jaú: Sindicato dos Calçadistas denuncia trabalho precário e práticas antissindicais no setor

Presidente falou na Tribuna da Câmara de Vereadores nesta segunda-feira, 29 Por: Redação STICJ A sessão ordinária da Câmara Municipal de Jahu dessa segunda-feira, 29, começou com a denúncia do presidente do Sindicato dos Calçadistas, Miro Jacintho, sobre o trabalho precário no setor e práticas antissindicais promovidas pelo sindicato patronal. O sindicalista falou na Tribuna para vereadores e plenário e seu discurso foi transmitido para … Continuar lendo Jaú: Sindicato dos Calçadistas denuncia trabalho precário e práticas antissindicais no setor

Falta trabalho para 27,3 milhões e o único emprego que cresce é o informal

Postos de trabalho sem carteira ou autônomos são os únicos que crescem no mercado de trabalho. Desempregados somam 12,5 milhões. Total de subutilizados e desalentos continua aumentando. Por: Redação CUT. No Brasil da reforma Trabalhista do ilegítimo e golpista Michel Temer (MDB-SP), falta emprego para 27,3 milhões de pessoas e a geração de vagas formais de trabalho, com registro em carteira e direitos garantidos, estagnou … Continuar lendo Falta trabalho para 27,3 milhões e o único emprego que cresce é o informal

M.Officer é condenada por trabalho escravo e pode ser proibida de vender em SP

TRT mantém decisão de primeira instância, que determina indenizações de R$ 6 milhões por danos morais coletivos e dumping social, e determina cumprimento de obrigações trabalhistas –   Por: Rede Brasil Atual – São Paulo – A M5 Indústria e Comércio, dona da marca M.Officer, voltou a ser condenada ontem (7) por submeter trabalhadores a condições análogas à de escravidão. A ação civil pública foi … Continuar lendo M.Officer é condenada por trabalho escravo e pode ser proibida de vender em SP

Morte de coureiras causa indignação e organizações exigem investigação

Segundo a polícia, as funcionárias não usavam equipamentos de segurança no momento do acidente. Equipamento teria falhado – Escrito por: Walber Pinto, com informações da Fetracovest e imprensa local –   No dia 25 de setembro, três coureiras de Andradina (SP), no extremo-oeste de São Paulo, foram esmagadas por uma máquina que processa couro bovino e faleceram. As trabalhadoras foram socorridas pelos próprios colegas de … Continuar lendo Morte de coureiras causa indignação e organizações exigem investigação