Jaú: Sindicato dos Calçadistas denuncia trabalho precário e práticas antissindicais no setor

Presidente falou na Tribuna da Câmara de Vereadores nesta segunda-feira, 29 Por: Redação STICJ A sessão ordinária da Câmara Municipal de Jahu dessa segunda-feira, 29, começou com a denúncia do presidente do Sindicato dos Calçadistas, Miro Jacintho, sobre o trabalho precário no setor e práticas antissindicais promovidas pelo sindicato patronal. O sindicalista falou na Tribuna para vereadores e plenário e seu discurso foi transmitido para … Continuar lendo Jaú: Sindicato dos Calçadistas denuncia trabalho precário e práticas antissindicais no setor

Jaú: Justiça obriga fábrica de calçados a reconhecer vínculo de trabalhadora em banca

Ação judicial movida pelo Sindicato garantiu estabilidade gestante e indenizações. Escrito por: Redação CNTRV, com informações do STICJ   Uma trabalhadora que fazia pesponto numa banca de calçados em  Jaú, cidade localizada no interior de São Paulo,  obteve na Justiça do Trabalho vínculo direto com a empresa para a qual a produção por meio de trabalho precário era destinada. Ela trabalhava sem registro e estava … Continuar lendo Jaú: Justiça obriga fábrica de calçados a reconhecer vínculo de trabalhadora em banca

Calçadistas de Jaú conquistam aumento real no vale cesta

Salários tiveram a reposição integral da inflação e demais cláusulas da Convenção Coletiva foram mantidas. Por: Redação STICJ   Em assembleia realizada no último dia 25, os trabalhadores calçadistas de Jaú, cidade localizada na região central do Estado de São Paulo, aceitaram a contraproposta patronal referente à Campanha Salarial 2018. Os patrões propuseram reajustar o vale cesta em  5,71%, o que corresponde a 2,18% de … Continuar lendo Calçadistas de Jaú conquistam aumento real no vale cesta

Calçadistas de Jaú: Patrões travam negociações, negam todas as reivindicações da categoria e propõem “zero” de reajuste no vale cesta

Reposição integral da inflação nos salários foi garantida após denúncia do Sindicato no MT. Por: Redação STICJ   Primeiro o Sindicato patronal se negou em realizar as reuniões para negociação da pauta de reivindicações. Somente pós denúncia do Sindicato dos Calçadistas no Ministério do Trabalho em Bauru, os patrões abriram as negociações e concordaram em reajustar os salários, ainda no mês de julho, em 3,53%, … Continuar lendo Calçadistas de Jaú: Patrões travam negociações, negam todas as reivindicações da categoria e propõem “zero” de reajuste no vale cesta