Coureiros de Franca conquistam aumento real –

“Manutenção dos benefícios e permanência da homologação na sede do Sindicato também representam conquistas importantes”.

 

Por: Redação CNTRV

Após intensa negociação realizada pelo Sindicato da categoria, os trabalhadores e trabalhadoras na indústria coureira da região de Franca, interior de SP, conquistaram aumento real, manutenção dos benefícios da Convenção Coletiva e garantia do pagamento de abano referente à Participação nos Lucros e Resultados, PLR. “As negociações não foram fáceis e só conseguimos fechar o Acordo três meses após a nossa data-base, que é 1º de janeiro. Os trabalhadores participaram ativamente das atividades da Campanha Salarial desse ano, o que foi determinante para a conquista de aumento real e manutenção dos direitos”, declarou Carmem Silva Luiz Souza, presidenta do Sindicato dos Coureiros de Franca e Região, entidade ligada ao Ramo Vestuário da CUT.

Em assembleia realizada nesta quarta-feira, 4, a categoria aceitou a contraproposta patronal sobre reajuste de 3,30% nos salários, PLR no valor de 90 horas/salário, piso salarial de R$ 1.244,10 e manutenção dos benefícios pré-existentes na Convenção Coletiva. A inflação do período correspondente a janeiro de 2017 ao mesmo mês de 2018 foi de 2,07%.

Abono escolar

Um dos benefícios da Convenção Coletiva que foi mantido e reajustado nas negociações da Campanha Salarial 2018 é o chamado “abono escolar”, concedido às mães ou pais de crianças com idade de 4 a 16 anos. O pagamento também é garantido para todos os trabalhadores/as estudantes.

Homologação na sede do Sindicato

“Diferente do que prevê a reforma trabalhista de Michel Temer, garantimos que os Coureiros de Franca e região continuem tendo o direito de realizar suas homologações na sede do Sindicato, dando maior garantia aos trabalhadores e trabalhadoras sobre o recebimento das verbas rescisórias ou subsidiando eventuais ações judiciais”, destacou Carmem Silva. A sindicalista informou que o serviço será prestado a todos os sindicalizados sem nenhum custo adicional.
Para Cida Trajano, presidenta da Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Vestuário da CUT, CNTRV, a manutenção da homologação na sede do sindicato é uma conquista muito importante. “Esta pauta deve ser alvo de todas as negociações reivindicatórias das entidades do Ramo Vestuário da CUT em 2018”, frisou Trajano.

Campanha de Sindicalização

Segundo Carmem Silva, o Sindicato dos Coureiros de Franca está desenvolvendo uma grande campanha de sindicalização com objetivo de fortalecer ainda mais a entidade e a defesa dos direitos e dos interesses dos trabalhadores/as. “Estamos visitando cada local de trabalho e dialogando com a categoria sobre a importância e as vantagens em se tornar sócio. Explicamos que, com a reforma trabalhista vigorando, a negociação coletiva feita pela direção do Sindicato é a única forma de garantir os direitos e a renda dos trabalhadores e das trabalhadoras”.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s