Fetracovest participa do Encontro de Mulheres do Macrossetor da Indústria da CUT

Reforma trabalhista foi  tema central da atividade

Por: Redação CNTRV –

São Paulo: O Macrossetor da Indústria da CUT, que reúne os ramos vestuário, químico, alimentação, metalúrgico, construção civil e mobiliário, realizou um Encontro de Mulheres para debater ações contra os impactos da Reforma Trabalhista à mulher trabalhadora. A atividade ocorreu na sede da Central Única dos Trabalhadores, CUT, nesta terça-feira, 21.

A Secretária Geral da Fetracovest, Paula Proença, participou do encontro e destacou a importância dos sindicatos se prepararem para combater a implementação da Reforma Sindical. “Não é pelo fato da lei permitir a precarização que temos que nos conformar. A negociação coletiva será o  instrumento central para a garantia de direitos diante de uma legislação que  precariza as relações de trabalho. O papel dos Sindicatos se tornou ainda mais importante”, frisou.

Cida Trajano, presidenta da CNTRV. falou às participantes sobre os prováveis impactos da Reforma Trabalhista nos setores que compõem o Ramo Vestuário. Dentre as maiores preocupações estão a terceirização, a legalização do trabalho home office (que representa o aprofundamento da precarização das relações trabalhistas em setores como calçados e confecções), a permanência de mulheres grávidas e lactantes em locais insalubres, o fim da obrigatoriedade do intervalo para amamentação e o trabalho intermitente.

“Lamentavelmente, a Reforma Trabalhista é ainda mais cruel para as mulheres. Esta legislação escancara as portas para o trabalho precário e poderá reduzir ainda mais a renda das mulheres trabalhadoras, que já é inferior à dos homens em diversos setores produtivos, dentre eles, a indústria”, ressaltou Trajano.

 

Ação Sindical e resistência

As participantes debateram a importância do fortalecimento da ação sindical voltada para a mulher trabalhadora como forma de fortalecer a resistência contra a Reforma Sindical. “Em diversos setores do Ramo Vestuário, a maioria da base é composta por mulheres e é preciso que a ação sindical tenha um olhar específico  e contemple pautas que representem esta realidade”, avaliou Maria Regina Lessa, Secretária de Mulheres da CNTRV.

O Encontro pautou ainda a luta contra a Reforma da Previdência que já retornou à pauta do Congresso.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s